Projeto de regularização

O projeto de regularização é o projeto na sua versão “as built”, ou seja, na versão final, conforme a embarcação foi construída ou alterada, e tem por finalidade adequar a embarcação às normas vigentes da Marinha do Brasil, e regularizá-la perante essa organização.

Portifólio de projeto de regularização

Água Viva


Água Viva II

Embarcação do tipo escuna destinada a passeios turísticos. Possui comprimento máximo de 22,610m  e capacidade para 115 passageiros.



Aliança II


Aliança II

Barcaça de 59,5 metros de comprimento, adaptada para auxílio a obras de construção de um terminal portuário.


Hidrotopo II


Hidrotopo II

Embarcação com mais de 39 metros de comprimento, destinada a navegação em mar aberto.



Ilha das Tribos


Ilha das Tribos

Restaurante construído sobre um flutuante de aço com 36,7 metros de comprimento e 14,5 metros de largura (boca).


Ladário V


Ladário V e Corumbá V

Lancha rápida construída em alumínio para o transporte de 60 passageiros sentados sobre o Rio Paraguai.

Mariana


Mariana

Conhecida com embarcação tipo areeiro, possui a capacidade de extrair e transportar areia do fundo do rio.


México


México

Draga com casco modular, possui o comprimento total de 19,53 metros, com a capacidade de dragar até 1000m³/h.

Paiaguas


Paiaguas

Embarcação do tipo hotel, com capacidade de acomodar 14 passageiros em camarotes para pesca no pantanal.


Rigel


WS Rigel e Itaqui

Embarcação que compartilham o mesmo projeto de construção, destinada a apoio portuário e reboque.



Empurrador Tietê


Empurradores Tietê I a IV

Empurradores fluviais de 17,5 metros de comprimento, que operam em comboio com até 4 barcaças pela hidrovia Tietê-Paraná.


Empurrador TQ


Empurradores TQ 1 a 4

Empurradores fluviais de 19,50 metros de comprimento, que operam em comboio com até 4 barcaças pela hidrovia Tietê-Paraná.



U4


Barcaça U-4

Barcaça que opera com um calado de até 3,31, faz o transporte de produtos a granel em seu porão de 1934,4m³.


LineFotter_01.png